7 de março de 2014

[ Resenha #45] Contos Consagrados - Machado de Assis

Titulo: Contos Consagrados
Autor: Machado de Assis
Biografia por: M. Cavalcanti Proença
Introdução de: Ivan Cavalcanti Proença
Editora: Ediouro
Coleção Prestigio
Nº de páginas: 123


Sinopse: Seus contos primam não apenas pela técnica extraordinária, mas também pela riqueza da linguagem e apurada extensão das descrições.

Sobre o autor: 
Machado de Assis é para mim um ícone da Literatura Clássica e eu sou completamente apaixonada por suas obras, creio que ele colocava mais do que qualquer um poderia imaginar para a época de sua escrita e acima de tudo era um escritor verdadeiro e sentimental, impunha em suas obras grandes propostas para a sociedade, todas embutidas em romances, tragédias e na comédia. Os contos presentes neste livro me agradaram bastante, mas não foram os melhores por isso 3 estrelas.

O livro:
Contos consagrados como o nome já diz, são pequenas histórias que marcaram a vida do autor. Como são mais de 10 eu vou falar só superficialmente , ou dar uma pincelada sobre cada um, para quem ainda não conhece ficar sabendo um pouco mais , certo? E desta forma eu vou também avaliar cada conto no meu ponto de vista.

As Academias de Sião:
Avaliação: 4/5
Este conto fala um pouco sobre a vida de um rei e de sua esposa, onde é relatado o fato do rei ter um coração puro e feminino e da rainha ser uma bela dama com alma masculina e no reinado desse casal a rainha temendo perder o reino para outros cavaleiros resolve mudar de corpo com marido e o desenrolar da história é bem legal. 

A Igreja do Diabo:
Avaliação: 5/5
Esse é um dos meus contos favoritos, aqui o Diabo insatisfeito com sua vida no purgatório a espera de que alguém seja mandado a seus cuidados, resolve criar uma Igreja, onde o maior de seus propósitos é inverter os 10 mandamentos e fazer do Homem um ser pecador. O autor, fez uma jogada de palavras e de acontecimentos neste conto que o torna magnifico. 

A cartomante:
Avaliação: 5/5
Outro conto maravilhoso, neste o amor entre 3 pessoas acaba sendo exposto de forma clara e a cartomante é a chave para o desfecho e o incio da narrativa. Uma tragédia esplendida. 

Cantiga de Esponsais:
Avaliação:2/5
Há muitos anos, um homem se enrabichou por uma linda donzela e desde então tenta lhe compor uma música, que aparentemente nunca irá sair do papel. 

A Desejada das Gentes:
Avaliação:2/5
Não me recordo completamente deste conto, recordo-me que ele é muito antigo e apresenta uma narrativa complicada. Acho , não tenho muita certeza, que ele relata a morte de uma moça muito bonita de uns 30 anos , que mexia muito com a cabeça dos homens.

Continue lendo, clique em mais informações


Noite de Almirante:
Avaliação:3,5/5
Os Almirantes são homens viajados e que costumam perder suas mulheres em meio a estas viagens e Deolindo vai sofrer um bocado de desgosto amoroso. 

Missa do Galo:
Avaliação:3/5
Um jovem do interior quer muito ver a missa do galo e a narrativa se passa entre a hora dele ir a essa missa e um pouco antes. Achei muito bem contado e gostei bastante. 

Uns Braços:
Avaliação: 4/5
Esse conto é muito bem escrito e rico em detalhes, relatando o amor de um menino de 15 anos por sua acolhedora. Muito bom o desfecho, tendo em vista a época.

O enfermeiro:
Avaliação: 2/5
É um conto demorado para ler e que eu não gostei muito. Fala sobre um coroneu que está muito doente e que não consegue conviver com nenhum de seus enfermeiros, por ser turrão entre outras coisas. Até que o vigário lhe encontra um bom enfermeiro e eles convivem entre "tapas e beijos" por um bom tempo, e é nessa convivência que o conto foca. 

Conto de Escola:
Avaliação: 4/5
Esse conto é muito interessante, relata lógico rs a época de escola e como era rigoroso. Por exemplo, conta sobre a palmatória. O que achei mais interessante neste conto foi o fato de Policarpo estar presente o que fez inclusive ter vontade de ler O triste fim de Policarpo Quaresmo. 

Um Apólogo
Avaliação: 5/5
Sou suspeita para falar desse conto, eu fiz uma peça sobre ele na escola rs. Aqui Machado conta a história de uma agulha e de uma linha, parece brincadeira mais é verdade e a lição através desse conto, em minha opinião é sem dúvidas a melhor de todos. 

Melhores Quotes: 

" A única hipótese em que ele permitia amar ao próximo era quando se tratasse de amar as damas alheias , porque essa espécie de amor tinha a particularidade de não ser outra cousa mais do que o amor do individuo a si mesmo. " 
 A Igreja do Diabo 

" Como daí chegaram ao amor , não o soube ele nunca. A verdade é que gostava de passar as horas do lado dela; era a sua enfermeira moral, quase uma irmã, mas principalmente era mulher e bonita."

A Cartomante


Bom pessoal, essa foi minha segunda resenha em ritmo de clássicos. Como alguns já devem saber, criei uma meta para ler ao menos um livro clássico por mês e em fevereiro li dois, então foi uma beleza. Espero que tenham gostado. Beijinhos da Lêeh




2 comentários:

  1. A Cartomante <3 Eu adoro esse conto, vou atrás desse livro e logo, Leeh! :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria, você deve acha-lo em sebo por ser muito velho.
      Tem contos ótimos , você vai gostar.
      Beijinhos

      Excluir