26 de abril de 2017

{Resenha #173} O Penhasco - Carine Raposo | @gabrielaofredi

Título: O Penhasco
Autor(a): Carine Raposo
Editora: Cadmo
Ano: 2014
Número de páginas: 304

Liza acaba de completar 21 anos e bem no meio de uma viagem de comemoração de seu aniversário, que estava fazendo com a família, descobre que seus pais sumiram. 
Durante um sonho um tanto estranho, onde com um penhasco e um homem lindo, ela acorda e se depara com ele parado perto de sua cama no hotel em que está hospedada, porém logo depois o homem some. Liza pisca para ver se aquilo é verdade, mas quando ele some ela então pensa que o que vira era reflexo de seu sonho.
A mocinha volta a dormir, mas logo depois acorda e então percebe que seus pais ainda não retornaram, preocupada ela começa a procurá-los pelo quarto, até que vê um papel no chão e percebe que nele tem um número de telefone. Ao ligar descobre que a pessoa do outro lado da linha é um delegado, Liza faz uma queixa de que seus pais sumiram, mas conhecendo a lei ela deveria esperar no mínimo vinte e quatro horas para fazer um registro formal.
Meses se passam as buscas pelos pais de Liza são oficialmente encerradas e depois de um conselho do delegado ela decide seguir em frente com sua vida. Então se muda para Winterhill com sua irmã caçula, Raquel, de 17 anos, mas se ela pensava que a vida lá seria mais fácil estava muito enganada.
Desde que seus pais desapareceram Raquel havia mudado muito, estava revoltada com ela, fazia de tudo para irritá-la, coisas de adolescente e parece que nesse novo lugar o comportamento da menina estava piorando duas vezes mais. 
Depois de uma longa viagem, em um carro velho alugado as duas chegam a casa onde dois amigos de infância de Liza moram, seus nomes são Amanda e Ben.
Mesmo depois de tanto tempo Liza não havia esquecido aquele homem que havia aparecido no Penhasco em seu sonho, ansiava toda noite por vê-lo e depois de um tempo naquela cidade nova, numa tarde de domingo, a protagonista se senta na praça para ler seu livro e sem nem perceber adormece, quando se dá conta já está no Penhasco e aquele lindo homem que transmite a ela uma sensação de paz também está. Eles enfim conversam e ela descobre que se nome é Nathaniel (nome lindo *-*), porém quando Liza pensa que poderá aproveitar mais um tempo ao lado dele se vê obrigada a voltar, pois o tempo no Penhasco passa numa velocidade muito diferente do que na Terra.
Os dias passam, coisas estranhas e algumas até ruins acontecem, mas a sonhadora Liza só consegue pensar em quando irá rever o dono daqueles olhos de esmeralda que ela tanto gostava, seu maior medo era descobrir que o Penhasco na verdade não existia, nem Nathaniel e que ela esteve o tempo todo só sonhando mesmo. Porém seus temores caem por terra quando ele a convida para um encontro fora do Penhasco, no mundo real, na verdade no restaurante mais chique da cidade, só que ela só descobre isso quando a limosine do motorista dele a deixa em frente a porta do local.
Depois de uma noite quase perfeita, porque ele teve que sair as pressas no meio encontro, Liza vai para casa maravilhada e certa de que o que estava vivendo era real, mas sua felicidade se esvai quando dias depois vê sua paixão parada do lado de fora, em frente a porta esperando por sua irmã. Ela então se dá conta de que ele pode estar saindo com as duas e entra em pânico, porém ela prefere não acreditar nisso e o olhar que ele dá a ela antes de sair prova que tem mais alguma coisa no meio dessa história.
Após se lembrar que dentro de alguns dias seria o aniversário, ela enfim, consegue ter uma conversa decente com a caçula que aceita sua sugestão de fazer um jantar como comemoração, Raquel ainda diz que Liza não precisa se preocupar com os convidados, pois ela só chamaria uma pessoa. Claro que a mocinha mais uma vez ficou atônita com medo de o convidado que tinha feito sua irmã mudar tanto fosse Nathaniel, ela não aguentaria descobrir que os dois estão juntos.
No tão esperado jantar Liza descobre que sua irmã está namorando na verdade Ethan e sente um alívio enorme ao vê-lo na porta, mas se ela pensou que sua vida ficaria mais tranquila a partir daquele momento se enganou, pois coisas cada vez mais estranhas aconteciam ao seu redor. Depois de descobrir que poderia ir para o Penhasco não só em seus sonhos, descobriu que Nathaniel não era uma pessoa comum, que ela mesma não era uma pessoa comum, as sombras e presenças que antes de vez em quando a espreitavam começaram a ficar mais constantes ao seu redor e ela ficou com cada vez mais medo de saber o que tudo aquilo significava.

Essa foi uma parte do resumo do livro, é claro que eu não vou colocar mais porque senão vai perder a graça né, já tem spoiller o suficiente aí em cima.
Então o que eu achei do livro?

Perfeição demais pra uma história!

Há algum tempo eu já tinha ouvido falar sobre o livro e estava bastante curiosa, na época ele só existia no wattpad, até a própria autora, a Carine Raposo, também tinha vindo falar comigo e aí eu fiquei mais ansiosa ainda. Quando o livro saiu na versão física, fiquei super animada pra comprar, mas a falta de grana não me deixou fazer isso, mas hoje já consegui comprar, inclusive a continuação.
Quando surgiu a chance de participar do BT eu logo aceitei, pois seria a oportunidade perfeita, então quando vi que o blog tinha sido selecionado pulei de alegria. Agora aqui estou eu falando sobre essa história linda.
O livro é um mistério só, o que acaba sendo muito bom, pois sou curiosa além da conta, também gostei muito das descrições dos personagens e dos lugares, que ajuda bastante na hora de formar uma imagem na sua cabeça daquele universo. A narrativa é simples, prática, leve e super instigante, te faz não querer parar nunca (nem quando o livro acaba, você simplesmente quer mais). É tudo sempre muito encantador.
O enredo todo é muito envolvente, faz você querer cada vez mais, as pequenas partes cômicas também foram bem construídas, aumentando ainda mais sua saciedade ao apreciar essa história maravilhosa.
Espero mesmo que a continuação não demore a sair, pois pelo que pude ver é uma trilogia, então pelo visto para aqueles que gostaram bastante como eu, ainda seremos um pouco castigados com a espera do segundo volume rsrs.

Leiam e se encantem com esse livro lindo assim como eu!


Nenhum comentário:

Postar um comentário