5.1.16

[ Resenha #143 ] Para Onde vai o amor? - Fabrício Carpinejar


Título: Para onde vai o amor ?
Autor: Fabrício Carpinejar 
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 176 
Avaliação:4/5 


Para quem me conhece já sabe que eu adoro os textos do Carpinejar, inclusive já fiz comentários de outros títulos aqui no blog e digo com toda sinceridade que a cada novo trabalho que conheço do autor, o amo ainda mais. 

Em Para onde vai o amor? o autor nos oferece várias crônicas e textos curtos sobre a magia do amor, em todas as suas formas, desde aquelas que machucam o nosso ser, até aquelas que nos tornam bobos apaixonados que pensam na pessoa amada muitas horas por dia em todos os momentos de nossos afazeres. 

As crônicas que mais me tocaram foram as 4 primeiras que relatam o amor na sua forma mais doce e de uma forma sensível e bem clara, como todo escrito do autor. Na sequência o livro passa a ter um tom mais melancólico, sempre indo para o caminho da separação e de como o amor pode ter seus altos e baixos e que mesmo depois de uma distancia entre os corpos amados por diferenças diversas o amor pode perdurar de outras formas, como através do carinho, do respeito e da afetividades pelos momentos bons vividos ao lado da pessoa que um dia foi tão amada. 

Já em várias outras crônicas presentes deste livro, existe algo bem pessoal do autor, que é a forma como ele tenta passar para o leitor, sempre muito poético e verdadeiro o quão bom é você se desvencilhar daquilo que não lhe faz bem, não lhe traz felicidade. O amor é sem dúvidas um elo muito grande entre parceiros, pais , amigos e outros, mas é preciso medi-lo, se todo o amor que você dá é redirecionado para você com sofrimento, lágrimas e dor é hora de deixar a pessoa ir e viver sua vida. Mesmo que seu amor por aquela pessoa nunca acabe, você precisa compreender que não será feliz ao lado dela, nem ela ao seu. 

Procure um amor verdadeiro, que tenha sempre um retorno. Afinal de que adianta só um amar e não ser amado. Na carta que nós blogueiros recebemos do autor com uma pequena introdução da obra, Fabrício diz duas das frases que mais expressam tudo o que o livro traz, primeiro : " Não tenha vergonha das constantes reconciliações, das improváveis recaídas, todos estamos no mesmo barco." e segunda: " Casal perfeito é o que não consegue se separar, e não por falta de tentativa.". Lembrem-se o amor sempre nós pregará peças. 

Dados: Livro cedido para resenha pelo Grupo Editorial Record. Contém capa em brochura com relevo e verniz no desenho do coração, possível tamanho mediano, folhas amareladas e um pouco mais grossas do que o normal, letras em tamanho médio. 

Algumas frases marcantes do livro :

" Eu te devoto supera o Eu te amo." [p.15]

" Abrimos a porta somente para quem não nos merece, enquanto quem nos merece jamais recebe sua chance." [p.18]

" O mais difícil na vida não é jogar a pedra, mas manter a pedra no chão." [p.58]

" Quero que você me queira sempre, acima de tudo.
Porque só posso ser útil para quem me quer." 

Beijinhos da Lêeh 

- Mandem ideias de post e assuntos que querem saber aqui no blog, eu leio tudo com muito carinho e com certeza se a ideia estiver ao meu alcance , virará post. 



                                             Instagram  | Fan Page | Skoob Twitter | YouTube




31 comentários:

  1. Oii
    Achei interessante a ideia dele de uma coletânea, escrevo algumas coisas melancólicas as vezes, outras uns contos água com açúcar, mas nunca pensei em juntar todas, rs
    Pelo que você disse, ele realmente chega ao objetivo proposto pelo título do livro. Ele mostra situações que indicam para onde o amor vai/leva a pessoa. Bem legal.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Ola!

    Achei bem legal como você diz que esse autor retrata o amor e gostei de serem vários contos. Achei bem interessante você falar sobre os vários tipos de amor e achei lindo o pedaço da carta que o autor enviou junto aos livros. Eu com certeza leria esse livro!

    Beijos!

    www.cantinhocult.com

    ResponderExcluir
  3. Engraçado! Acabei de comentar em outro blog sobre esse livro.
    Conheço Carpinejar e adoro suas crônicas e contos. Não tinha visto esse livro ainda, mas adorei a temática a es frases que você destacou são lindas!
    Amei a dica.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  4. Estou muito ansiosa para ler este livro e o que vc citou da carta do autor, mexeu com meu coração: "Não tenha vergonha das constantes reconciliações, das improváveis recaídas, todos estamos no mesmo barco." Achei tão humano e sensível!!! Quero conferir logo a escrita e tenho certeza que vou me emocionar!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olha primeiramente adorei tudo que você falou em sua resenha. Parabéns, até porque tu aborda muito bem e escreve de uma maneira esplêndida que me encantou sabia? Espero poder conhecer essas crônicas, porque eu também gosto e sempre nos passa uma mensagem muito boa. Eu fiquei interessada e espero ter a chance de fazer a leitura assim como você =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/01/resenha-uma-princesa-em-meu-lugar.html

    ResponderExcluir
  6. É verdade!!! Do que adianta só amar e não ser amado??
    Gostei demais da sua resenha...não conhecia esse livro. A capa é linda e gostei do título também. Já esta na minha lista da desejados.
    BJss

    livrosemarshmallows.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oiee ^^
    Uia, acabei de ler uma resenha desse livro. Não sou muito fã de crônicas, e a premissa dele livro não me agrada taaanto, então não sei se o leria. A capa é bonita, e fico feliz em saber que você gostou da leitura :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu não curto muito esse livro. Eu até gosto de crônicas de amor, mas prefiro algo mais conturbado. O amor neste livro é muito bonitinho, muito dentro da caixa. Não me agrada. Beijo

    ResponderExcluir
  9. Eu não curto muito esse livro. Eu até gosto de crônicas de amor, mas prefiro algo mais conturbado. O amor neste livro é muito bonitinho, muito dentro da caixa. Não me agrada. Beijo

    ResponderExcluir
  10. Olá!!!
    O livro parece ser uma fonte de inspiração e histórias apaixonantes para se ter na cabeceira da cama. Não conhecia o autor, mas este formato de textos curtos é interessante e bom para conciliar com outras leituras.

    Carla Fernanda
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Ei Leticia
    Sua resenha é tipo umas duzentas vezes melhor do que a última que li, deu outro toque pro livro, um quê sentimental que eu não havia lido. Achei bem legal, vou procurar no skoob, pq ainda não havia ouvido falar sobre o autor
    bjss
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Esses livros assim são sempre os mais tocantes e bons de ler. A gente aprende, sente tanta coisa. Eu já tinha visto esse livro zanzando pela internet, mas nunca tinha parado pra ver e ler algo dele. Gostei muito do seu post, porque tive uma noção ampla do que se trata. Parabéns. :D

    ResponderExcluir
  13. Oi Le, tudo bem?

    Sinceramente, eu não sou muito de ler crônicas... mas li um livro ano passado e gostei bastante, e por isso tenho procurado mais. Gosto dessas diferentes visões do amor, e concordo totalmente, quando a gente ama e não recebe o amor em troca, não adianta. Gostei da sua resenha e quem sabe um dia eu procurarei para ler.

    Adorei os quotes que você colocou!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  14. Preciso dizer que não sou muito fã de cronicas e quando comecei a leitura desse post eu meio que fiquei achando que não iria gostar e muito menos desejar o livro, porém você conseguiu me fazer mudar de ideia! Algumas frases durante a resenha eu me identifiquei, como por exemplo: "Mesmo que seu amor por aquela pessoa nunca acabe, você precisa compreender que não será feliz ao lado dela, nem ela ao seu.", acho que para mim isso é o mais difícil, deixar ir mesmo sabendo que seria melhor porque quem está perto não te faz bem, me identifiquei porque falo isso, mas na pratica é diferente. E essa frase aqui vou levar para a vida, me lembra alguém especial: "Casal perfeito é o que não consegue se separar, e não por falta de tentativa."
    Beijos
    - Bruna
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  15. Olá!!!
    Adoroooo crônicas e sempre que posso pego um pra ler..não conhecia esse livro e só por ser em crônicas já me apaixonei *.* As vezes é bom vc fugir do convencional e viajar em outro tipo de leitura ;)

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/01/resenha-vai-sonhando-megan-maxwell.html

    ResponderExcluir
  16. Oi! Eu tenho um livro parecido, que aborda o amor e todas as formas dele. Acho que é um tema interessante quando abordado de vários pontos de vista ou situações! Adorei a resenha e talvez venha a lê-lo! Beijo!

    ResponderExcluir
  17. Olá.
    Gosto dessas crônicas e adorei saber que o amor é abordado de várias formas nesse livro.
    Vou anotar essa dica porque esse é o livro ideal pra intercalar e quebrar um pouco a rotina de leitura.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Achei interessante o autor juntar vários contos que nos remete ao título, que é onde vai o amor .
    Deve ser uma coletânea incrível. Sempre nos lembrando do onde o amor noa leva.
    Obrigada pela dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. OI Letícia. Este livro deve ser parecido com aquele Prometo Falhar da NC. Eu acho lindo escrever sobre o amor e as diversas maneiras que ele influencia na nossa vida, mas eu não curto crônicas ou contos e isso pode dificultar um pouco a minha leitura. Acho que é um pouco preconceito meu sabe. Mas a dica é sempre válida!

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  20. Olá,
    Nunca li livros que são dedicados a crônicas, poesias e coisas do tipo.
    Ano passado trabalhei com crônicas e acabei lendo algumas, mas nunca dei atenção a elas.
    Depois de tantos elogios a obra, fiquei interessada em adquirir!

    Karine || Ainda Me Livro

    ResponderExcluir
  21. Olá!

    Não tenho o hábito de ler contos e crônicas, e por isso quando soube desse lançamento - na época era lançamento - não me interessei nem um pouco em procurar saber mais sobre a obra, e como os únicos textos que li do Carpinejar foram no tumblr nem dei muita bola, só que eu estou vendo muitos comentários positivos sobre este livro do autor, e estou curiosa para saber o que tem de tão bom, então sim, pretendo lê-lo.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Olá,
    Eu ainda não tive oportunidade mas tenho muita vontade se ler algo do Carpinejar.
    Livros que falam de amor aquele amor realista de altos e baixos sempre MW interessam.
    Se eu tenho que começar por algum, sua resenha me fã escolher este.
    Bjs
    Luana Lima
    http://blogmundodetinta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Oi Leticia, sempre ouço maravilhas sobre esse livro, todo o amor é sentimentos encontrados neles. Tenho ele aqui em casa, mas ainda não separei um tempo para entrar nesse mundo. Adorei a sua resenha, parabéns!
    Bjim!

    Tammy
    Livreando | Facebook

    ResponderExcluir
  24. Oi Lêeh, sua linda, tudo bem
    Acabei de ver outra resenha sobre esse livro e tudo indicava que ele era meio de auto-ajuda. Pelos trechinhos que você citou, realmente parece ser esse o caso. Eu não sou o público alvo de crônicas, mas o tema amor é muito bonito, sempre mexe com a gente, então, para quem curte esse gênero, parece ser um ótima dica. Gostei muito da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Sabe que nunca li nada do Carpinejar? Morro de vontade de conhecer a escrita dele, e até tenho um livro dele aqui, só me falta tempo. Gostei do livro mostrar que não adianta insistir em viver um amor que traz sofrimento, que quando um não consegue ser feliz com o outro é melhor seguir em frente e encontrar outro caminho. Embora eu não seja fã de crônicas, gostaria de ler o livro.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  26. Oi,

    Ainda não li nada do autor, mas parece que os textos dele são muito bons, embora não seja muito fã de romances, a mensagem que o livro passa conseguiu me conquistar.

    ResponderExcluir
  27. "" O mais difícil na vida não é jogar a pedra, mas manter a pedra no chão." [p.58]"

    Oie, tudo bem? Não conhecia o autor nem o livro, mas pela sua resenha, deu pra perceber que é um amorzinho <3 mesmo com as partes melancolicas e tal.

    Eu to começando a gostar de contos e crônicas graças a Rô Mierling, fui gostando bastante do gênero.

    Sobre uma sugestão de assunrto, você gosta de filmes e séries? Falar sobre os lançamentos e estreias desse ano seria uma boa.

    Bjs

    ResponderExcluir
  28. Oi!
    Vi algumas resenhas desse livro e realmente o que mais me desagrada nele é a falta do caos, é o fato dele representar um amor que é lindo de mais, perfeito de mais, constante de mais, e o verdadeiro amor nunca é assim.
    É uma boa obra sem dúvida, tras algumas reflexões, mas no momento não é uma leitura que eu faria.

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  29. Olá!
    Vi uma outra resenha falando que o livro é muito mecânico e isso me desanimou na leitura. Outra coisa não gosto de livros de auto-ajuda, acho que não servem para nada, pois cada um age de um jeito e não existe uma fórmula certa para se viver. Que bom que você gostou do livro, porque ler por obrigação é muito ruim.
    Pra mim não seria uma leitura proveitosa.
    Gostei muito da sua resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Olá!!

    Faz um tempo que quero ler esse livro. Não sou uma leitora de cronicas, mas esse em especial me chama a atenção, mesmo sem conhecer o autor. Acho que pelo fato do amor estar presente em tantas formas diferentes, sinto que existe algo nesse livro que me identifico! Preciso ler!

    Bjus
    blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  31. Esse autor é demais! Sempre me encanto com os textos dele são lindos mesmo! Adorei a dica e a resenha. As frases são muito perfeitas! <3 Adorei!

    ResponderExcluir