23.7.15

[Resenha #129] Fahrenheit 451 - Ray Bradbury



Voces já imaginaram se os livros no futuro não pudessem ser mais lidos e que quem tivesse livros teriam de queima los ou ir preso ?
E que os bombeiro nossos heróis da atualidade desempenhassem um novo papel, ao invés de apagar incêndios começar, e o pior incendiar livros, nossos amados e protegido livros ?



Fahrenheit 451Titulo: Fahrenheit 451
Autor: Ray Bradbury
Editora: Globo
Páginas : 209
Avaliação: 5/5
Sinopse:
Fahrenheit 451 - A obra de Bradbury descreve um governo totalitário, num futuro incerto mas próximo, que proíbe qualquer livro ou tipo de leitura, prevendo que o povo possa ficar instruído e se rebelar contra o status quo. Tudo é controlado e as pessoas só têm conhecimento dos fatos por aparelhos de TVs instaladas em suas casas ou em praças ao ar livre. O livro conta a história de Guy Montag, que no início tem prazer com sua profissão de bombeiro, cuja função nessa sociedade imune a incêndios é queimar livros e tudo que diga respeito à leitura. Quando Montag conhece Clarisse McClellan, uma menina de dezesseis anos que reflete sobre o mundo à sua volta e que o instiga a fazer o mesmo, ele percebe o quanto tem sido infeliz no seu relacionamento com a esposa, Mildred. Ele passa a se sentir incomodado com sua profissão e descontente com a autoridade e com os cidadãos. A partir daí, o protagonista tenta mudar a sociedade e encontrar sua felicidade.
Pois bem, a estoria gira em torno desse triste futuro , o livro livro vai nos contar a estoria de Montag um bombeiro que ao conhecer Clarisse McClellan  ( considerada uma antissocial)  vê sua vida virada de pernas para o ar.

''Ele sentiu o corpo dividir-se em duas metades, uma quente, a outra fria, esta macia, aquela dura, uma tremula, a outra firme, uma oprimindo a outra'' (pag 45)
O livro também vai nos apresentar Beatty que é o patrão de Montag, esse cara tinha medo da minoria de pessoas que liam ou escondiam algum livro afinal conhecimento é poder, e Mildred, que é esposa de Montag, dois seres que se eu pudesse eu matava :( :( :(  porque eu passei muita, mais muita raiva com eles durante a leitura.

Foto do Autor.
Nesse futuro a comunicação entre as pessoas era muito vaga assuntos que hoje para nos é de suma importância eles tratavam de uma forma toda diferente, a maioria das conversas giravam em torno de beleza, marcas de carros ou piscinas, também né não é de se espantar ter uma comunicação assim em um mundo sem livros.

Pessoas que gostavam de ler eram consideradas dementes, eles prezavam acima de tudo o prazer, posso dizer que até o amor acabou virando algo secundário.

Montag passa a não se conformar mais com tudo isso, ele passa tentar a entender o porque das coisas e não aceitar qualquer resposta passivamente, apos toda essa mudança a estoria vai nos apresentar Faber um ex professor de inglês que vira um grande amigo de Montag (ex não porque era aposentado, mas porque já não se tinha mais aulas de inglês)





''Faber examinou o rosto magro e o queixo azulado de Montag
-O que o abalou dessa forma ? O que arrancou a tocha de suas mãos?
-Não sei. Temos tudo de que precisamos para se felizes, mas não somos felizes. Alguma coisa esta faltando. Olhei em volta. A única coisa que tive certeza que havia  desaparecido eram os livros que queimei durante dez ou doze anos. Por isso achei que os livros poderiam ajudar.''   (Pag 109)


''Não se pode precisar o momento em que uma amizade se forma. Como ao encher gota a gota uma vasilha, há, no final uma gota que a faz transbordar, assim, também, em uma serie de gentilezas, há uma que, por fim, faz o coração transbordar.'' (Pag 97)

'' Vejamos ai algo que o autor no posfacio diz ser coincidência MONTAG era uma fabrica de papel e FABER é uma marca de lápis, eu não acredito que seja mera coincidência.''

Eu achei o livro bem interessante, o livro é dividido em três partes, a primeira eu achei um pouco devagar, para vocês terem ideia eu comecei a ler esse livros 4 vezes mas como  sou brasileiro e não desisto nunca  na quarta vez eu comecei e não parei mais, já  a segunda e a terceira parte tinha um pouco mais de ação, e eu acabei gostando mais, enfim apos o termino esse livro virou um dos meus queridinhos.

Bom gente é isso espero que vocês tenham gostado, e não deixem de dar a opinião de vocês, beijos e até a próxima. :)


**Visite a minha pagina no facebook: LITERATURA PARA O SABER**



Nenhum comentário:

Postar um comentário