20.5.15

Li até a página 100 e ... #9 : Comer, rezar e amar - Elizabeth Gilbert

Eii pessoal, resolvi voltar com está coluna aqui para o blog, porque eu acho ela sensacional e também têm como vocês saberem o que eu estou achando do livro antes que ele termine ou que eu termine de lê-lo.

COMER, REZAR E AMAR 

ELIZABETH GILBERT 
LEITURA PARA O CLUBE DAS DIVAS 

Primeira frase da página 100:
" Algumas vezes, fico muito surpresa ao perceber que minha irmã é esposa e mãe, e eu não . " 

Do que se trata o livro?
O livro é autobiográfico e vai falar sobre a reconstrução da vida da autora. Para tanto ela decidi passar um ano viajando em busca de  se redescobrir como pessoa e durante esse ano de viagem ela pretende passar 4 meses em cada pais de sua escolha. Que são, Itália, Índia e Indonésia. 
O que está achando do(a) protagonista?
Liz como é chamada ao longo da narrativa, está passando por um momento muito delicado, está com mais de 30 anos, acabou de divorciar e não têm filhos o que para ela é um alivio, tendo em vista que o seu maior desejo é continuar viajando, porém a mesma ainda passa por grande problemas psicológicos que até então estão começando a serem abordados no livro e também os métodos que ela usará para reconstruir tudo que perdeu nos últimos anos.  

O que está achando até agora ?
Bom o livro para mim é uma releitura, porém eu havia lido em 2011 e quase não me recordava dos pontos chave da história, então está sendo sem dúvidas um novo aprendizado. Digo aprendizado, pois na minha primeira leitura aprendi muito com a Liz. 

Qual o melhor quote até agora ?
" No amor desesperado, nós sempre inventamos os personagens dos nossos parceiros, exigindo que eles sejam o que precisamos que sejam, e depois ficando arrasados quando eles se recusam a desempenhar o papel que nós mesmos criamos. " p. 26

Vai continuar lendo ?
Sim, e pretendo terminar logo. 

Última frase da página:
" Meu Deus, eu sequer tivera os bebês e já os estava negligenciando, já estava escolhendo a mim mesma em detrimento deles."

Bom pessoal, espero que gostem deste tipo de post :)
Beijinhos da Lêeh


- Mandem ideias de post e assuntos que querem saber aqui no blog, eu leio tudo com muito carinho e com certeza se a ideia estiver ao meu alcance , virará post. 

                                             Instagram  | Fan Page | Skoob Twitter | YouTube



13 comentários:

  1. Eu gosto dessa coluna, também fazemos às vezes no Conversas de alcova. Eu não sei se gostaria desse livro, pelas quotes q vc colocou aqui, parece q eu não tenho muito em comum com o pensamento da personagem. Eu acabo abandonando livros com personagens com os quais não me conecto...

    ResponderExcluir
  2. Eu abandonei o livro. Ele simplesmente não funcionou para mim, achei a leitura cansativa e sem graça, uma pena, pois adoro histórias biográficas. :/
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  3. Olá
    eu já vi varias pessoas falando bem mal desse livro, mas isso ão quer dizer que vc não consiga chegar ate o fim, vc consegue rsrs (eu acho) eu larguei a leitura,
    Bjks
    Passa Lá No Blgo - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Sinceramente eu gostei bastante da sua resenha e de tudo que você contou da história.
    Chamou bastante minha atenção, mas eu nunca tive interesse de pegar ele pra ler.
    Já vi muitas resenhas positivas e negativas, mas acho que depende muito também.
    Acho que é capaz que eu leia assim que tiver oportunidade, porque quero conhecer e tirar minhas conclusões.


    Venha conferir minha outra resenha

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-seducao-morta-lenda-de.html

    ResponderExcluir
  5. Oi Le, tudo bem?
    Ainda não li esse livro, mas por ser uma autobiografia eu não tenho tanto interesse assim!
    Tenho muita curiosidade de ver o filme com minha diva Julia Roberts e pretendo fazer isso em breve!
    Tomara que você leia logo esse livro e volte para nos contar sua opinião! Quero saber se sua opinião mudou de 2011 pra cá :).

    Beijo :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Leticia, tudo bem?
    Não me interessei pelo livro pois quando assisti o filme não tive uma conexão com ele sabe?
    Pode ser que o fiz no momento errado, mas de qualquer forma adorei esse quote e é bem verdadeiro.
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Esse não é exatamente o tipo de livro que costumo ler, mas claro que já ouvi falar dele e já li resenhas positivas. Mas, acho que agora não é o momento pra eu ler!
    Super beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie! Tudo bem?

    Eu já tentei ler esse livro e não deu. Tentei ver o filme e não deu. Achei melhor deixar pra lá... Mas vendo esse seu post até que bateu curiosidade novamente. Você disse que lhe rendeu aprendizados e isso é algo que eu prezo muito.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  9. Sinto muita vontade de ler esse livro, por ser auto biográfico e pelo filme, que gostei. É sempre bom ler livros que nos ensinam alguma coisa, que mudam a gente ou nos melhoram, adoro quando isso acontece, o livro quase sempre entra para os favoritos. Tenho um livro dessa autora aqui "Sobre Homens e Lagostas" que é ficção, ainda não li mas pretendo ler ainda esse ano. Adoro posts como esse, também faço no blog, as vezes.

    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Acho que esse quadro é bom pra vc e a gente ir pensando se lerá até ler a resenha completa,kkk. Eu não sabia que o livro é uma auto biografia flor e gostei muito disso, como sabe né amiga eu adoro uma biografia ou auto biografia. Já anotei aqui e mais que nunca quero esse livro,assim que puder o lerei.

    bks e espero a resenha completa em?

    ResponderExcluir
  11. Adoro essacoluna pq muitas vezes pego dicas nelas
    Sempre quis ler esse livro e nunca li nada a respeito.
    Adorei esse quote que vc separou
    Com certeza um dia vou ler.

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, flor!
    Não li esse livro, mas lembro que minha mãe o tinha altamente recomendado para mim. Estou desejosa de livros biográficos e, por isso, vou adicionar esse à minha meta literária. Acho que vou gostar de conhecer a autora e o modo como enfrentou o divórcio.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, Letícia!
    Nunca li o livro, mas tive curiosidade por algum tempo. Depois passou, agora voltou. Não imaginava que era uma autobiografia, o que sempre me chamava atenão era o título.
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir