14 de abril de 2015

[ Resenha #112] Maria Degolada, Santa Assombrada - Caio Riter

Titulo: Maria Degolada, Santa Assombrada
Autor: Caio Riter 
Páginas: 48
Editora: Edelbra
Ano: 2010
Avaliação: 4/5
SinopsePsiu. Silêncio. Muito silêncio. Está ouvindo? Oh, é ela, a Degolada. Ela vem chegando, a Maria Degolada vem bem devagarinho. Mal não causa, mas e o medo? E se você quer mesmo ouvir a história da jovem Maria Francelina, eu té conto. Temo de medo, mas conto. Tremo de medo, mas conto. Sinto arrepio, e conto. Eu conto, vou contar sim, mas, psiu, silêncio. Vou falar baixinho, vai que ela escuta. Vai. Nem quero ver.


---------------------------------------- ♥ ----------------------------------------

Em Maria Degolada , Santa Assombrada Caio Riter faz uma ótima narrativa em estilo terror e suspense voltado para crianças. Maria é uma mulher muito bonita e sempre chama muito a atenção dos homens e por isso ela acaba sempre provocando ciumes em seu atual namorado. O titulo do livro já é um spoiler bem grande do que acontece na narrativa. Como o livro é bem pequeno fica um pouco complicado explicar o que acontece, porém vou falar um pouco do que eu senti lendo este livro.

O que me fez amar essa narrativa foi sem dúvidas a nostalgia que ela me causou , no decorrer da leitura eu lembrei demais da época de escola quando todos tínhamos medo de entrar no banhei e chamar 3 vezes pela "Noiva do Banheiro" quem ia no banheiro sozinho (a) nesta época é muito guerreiro kkkkkk Eu estudei em um Ciep e para quem mora no Rio de Janeiro, sabe que os Cieps são escolas pré moldadas e bem grande e que TUDO , quando digo TUDO é TUDO mesmo que caiu ou acontece faz eco, então imaginem o desespero que era ir ao banheiro. 

Eu também fiquei encantada com as ilustrações, geralmente são crianças que gostam de livros ilustrados, mas eu amoooo livros ilustrados e Maria Degolada, Santa Assombrada é simplesmente maravilhoso. 

Quem conhece a Edelbra sabe que todas as edições dos livros são espetaculares e Maria Degolada, santa assombrada não fica de fora dessa leva de edições maravilhosas. 

Espero que tenham gostado e que leiam, porque vale muito apena. 
Mil Beijos da Lêeh 


Nenhum comentário:

Postar um comentário