16.3.14

[ Filme] Frida



Oi pessoal, hoje vai ter uma resenha de filme/bibliografia para vocês. Confiram.

Titulo: Frida
Dirigido por: Julie Taymor
Elenco: Salma Hayek , Alfred Molina, Ashley Judd, Antônio Bandeiras
Gênero: Bibliografia, Drama
Duração: 123 min
Avaliação: 3,5/5
               

Frida como dito na descrição do filme é uma bibliografia, sendo assim , Frida Kahlo hoje conhecida como uma das maiores pintoras mexicanas é narrada do inicio ao fim neste longa metragem. Frida nasceu em 06 de junho de 1907 e em 1913, com seis anos, contraiu poliomielite, essa era apenas uma das grandes complicações de saúde da pintora. Na adolescência em um acidente, ela perde completamente os sentidos da perna, e quebrou vários ossos do corpo, sempre muito feliz Frida costumava pintar deitada , afinal era na condição em que ela se encontrava. Durante anos ela passou por várias operações e era esperado que não andasse mais, até que ela com muito esforço volta a andar, mesmo ainda tendo que passar por inúmeras cirurgias e sentindo dores constantes nas pernas. Em 1928, ela entra para o partido comunista mexicano, na época Stalin estava expulsando e proibindo todos os tipos de expressões artísticas e os artistas estavam rindo de Stalin, eles queriam mesmo era fazer arte.Mesmo que isso lhes custasse a vida. Um ano após entrar para o partido, ao lado de seu amigo e muralista Diego Rivera, Frida casa-se com ele. E por incentivo do marido começa a aperfeiçoar suas obras. Diego Rivera e Frida Kahlo, são para a arte méxicana ícones insubstituíveis. 

Minha opinião: 

A principio eu desconhecia totalmente as obras e até mesmo o nome Frida não me era comum. Sabendo que o filme tinha sua maior parte no méxico e que Frida havia entrado para o partido comunista mexicano, no ano em que Hitler e Stalin, faziam o mundo passar por uma onda de terror e medo, eu achei que o filme iria retratar bem mais essa parte da história, mas não chega nem perto disso. Ele trata realmente somente da vida de Frida Kahlo, uma mulher que desde criança sofreu inúmeras complicações de saúde e que de certo modo só pensou em sua felicidade. As minhas 3 estrelas e meia para o filme, não foram exatamente pela obra cinematográfica, foram pela vida da Frida mesmo, quando pequena ainda no colegial, ela conhece o senhor Diego Rivera, um muralista ainda não muito conceituado, mas já artisticamente vislumbrado, nessa mesma época ela já sabe da fama dele de que sexo não importa com quem seja o importante é que há. Sendo ele um homem casado, na minha opinião, fosse ele artista ou não , ele não tinha o direito de se deitar por ai com qualquer uma só por ser homem ou por ter desejos, ele tinha a esposa dele. Anos depois Frida se casa com Diego, supondo que ele fosse mudar e sabendo que isso não aconteceria de uma hora para outra. Ele um homem velho, ela uma jovem em sua descoberta pela arte, sem dúvidas ela ligava e ligava muito para as traições do marido, mas ela não lhe virava as costas em choro, ela lhe dava pares de chifres e não pensem que era só com homens, Frida tinha em seu ser a arte e a vida. Infelizmente, eu comecei a gostar do filme nos 20 minutos finais, quando de certa forma ela tinha conquistado muita coisa, mais sua saúde ia de mal a pior, seu marido agora mais velho já havia tomado jeito. Mas sinceramente, ela sofreu demais para tentar ser feliz e eu não concordei com nem um decimo do que ela fez. Achei do inicio ao fim que ela foi muito burra e outras coisas. Bom pessoal essa foi minha opinião, mas vejam o filme. Vale a pena conhecer um pouco mais sobre a arte do casal. 




2 comentários:

  1. Oi Leeh! Tenho muita vontade de assistir esse filme para saber mais sobre a Frida pois escuto muito sobre ela mas na realidade não sei muito bem quem ela foi e o que fez para merecer esse reconhecimento! Depois de ler sua resenha decidi que verei o mais rápido possível!

    Beijos
    Débora - Clube das 6
    http://www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Débora, tudo bem flor?
      O filme relata diversas coisas da vida dela, mas achei que focou muito na relação afetiva dela com o Diego. Mas assista, para depois me dizer o que você achou :)
      Beijos

      Excluir