11.10.13

[ Resenha #11] Divergente - Veronica Roth


Sinopse

Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em 5 facções: Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível.
Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto. A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.






Título: Divergente
Autor: Veronica Roth
    Editora: Rocco
    Nº de Páginas: 504
    Avaliação: 5/5

Divergente é um livro que estou há tempos atrás de falar para o mundo inteiro ler. Esse livro foi a primeira distopia que eu li e eu simplesmente amei o gênero, ele faz muito sucesso mundialmente e eu descobri o porquê. Sabe o que é que faz você amar uma distopia? É o modo como ela faz com que você fuja dos seus problemas do mundo real,das dificuldades. Uma distopia não é uma mentira. Uma distopia é uma válvula de escape. Divergente retrata um mundo dividido em cinco facções: Erudição, Amizade, Audácia, Franqueza e Abnegação. Quando se completa 16 anos, passa-se por um teste de aptidão, pelo qual se decidirá a facção escolhida, mas ,há aqueles no qual o teste resulta em mais de uma facção, essas pessoas são Divergentes.E elas correm perigo. Veronica nos surpreende a cada página lida, o enredo fica cada vez mais viciante e intrigante. Ela nos prende na sua Chicago futurística e só conseguimos fugir de lá quando descobrirmos o que acontece. Roth escreve, com certeza, de uma forma que nos faz perder a noção do tempo. Seus personagens foram criados de modo que amássemos uns  e odiássemos outros, com que nós prestemos atenção a cada detalhe daquele lugar: as facções e as diferentes características de cada, os líderes delas, a personalidade e a incrível força de Tris Prior, o maravilhoso Four, enfim, um conjunto de fatores que me fizeram amar esse livro. Divergente foi um livro que me surpreendeu muito, se você ainda está em dúvidas  quanto a ele, eu afirmo novamente: é um livro de tirar o fôlego (assim como Four  u.u), então corra e garanta seu exemplar!

Trailer legendado de Divergente


Onde comprar: 


RESENHA POR YAS E NICOLLE( A AUDACIOSA MAIS LINDAAAAAAA)


2 comentários:

  1. Parece muito bom!! Ótima resenha!! Beijos
    comjeitodemeninalinda.blogspot.com.es

    ResponderExcluir
  2. Comecei a ler há poucos dias, mas já estou viciada! É minha segunda distopia, e sabemos como distopias são viciantes. Sua resenha só me deixou mais ansiosa pelo final.
    beijos!
    http://tears-inthedark.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir