20 de agosto de 2013

Textos da galera (Larissa Zoffoli e Diego Sant' Anna)

Hey galera! Hoje vou postar os últimos dois textos do pessoal do grupo. Os textos de hoje são da Larissa Zoffoli e Diego Sant' Anna. Espero que gostem ;)

Este é o primeiro capítulo do livro que a Larissa está escrevendo.

"- Capítulo UM -

''Fique calma'', repito mentalmente quando Lorin coloca o pé na minha frente, me fazendo, obviamente, cair. ''Ela é apenas mais uma dessas idiotas que gostam de aparecer''.
- Meu Deus, você parece um monstro, cada dia que passa fica mais ridícula. - Dispara Henry, me causando uma crise de riso. ''Insultos não são o forte desses acéfalos do colegial''.
Aturo o resto das aulas e quando o sinal toca vou para o meu carro, dirigindo o mais rápido até minha casa, eu já estava atrasada para o trabalho. 
Ao chegar, corro para o banheiro e tomo um banho rápido, tirando toda a maquiagem preta de mortiça e guardando minha peruca morena no manequim. Abro meu armário e pego uma blusa justa azul e uma saia desfiada, vestindo o mais rápido possível. 
Calço meus sapatos, passo base em meu rosto a fim de esconder todas as sardas existentes. Depois coloco minha peruca loira, minhas lentes azuis e meus óculos escuros. 
Entro no carro conferindo todas as minhas identidades guardadas em baixo do banco do motorista. ''Lindsey Hains'', ''Elizabeth Lines'', ''Cassia Claire'', ''Jennifer Furton'', todas de rostos diferentes, uma loira dos olhos azuis, uma morena dos olhos castanhos, a menina de cabelo roxo e olhos cor mel, porém todas eram a mesma pessoa. Eu. Kayla Cäemon, a garota que nem se reconhece mais no espelho, a garota que foge da Advent sozinha desde os 10 anos. E nesses 6 anos fugindo, já quase morri 20 vezes."


- Larissa Zoffoli    (Gostei muitoo desse. Quero ler esse livro já! haha)




"Por incrível que pareça – por mais bonita que seja a pequena – ela irá preferir elogios sobre sua personalidade ao seu corpo. Há milhões de caras por aí a lhe chamar de “gata”, “princesa”, entre outros adjetivos vomitantes. Mas ela vai te guardar com carinho se conseguir reparar que ela pediu sanduíche sem picles ou refrigerante zero e que observou o livro que ela carregava na bolsa ou o perfume que ela usava. Usar roupas de marca ou tênis importado não é sinal de ser um bom partido. Mulher prefere um hippie de havaianas que reparou que ela cortou o cabelo do que um playboy que nem sabe a cor dos seus olhos. Mulher gosta de palavras doces, não elogios cuspidos."


-Diego Sant'Anna




Parabéns aos autores. Os textos ficaram realmente muito bons. Se algum "sem fronteiras" tem por aqui, algum texto, mande pra o nosso e-mail, que vou postar aqui com todo o prazer. rs. É isso galera. Espero que tenham gostado e até a próxima! 




Nenhum comentário:

Postar um comentário