18.12.13

[Resenha Livro + Filme #2] O Lado Bom da Vida - Matthew Quick

Olá, hoje eu vim falar da obra O Lado Bom da Vida, eu assisti primeiro o filme, peguei ele para assistir sem nenhuma expectativa por causa que ele ganhou o Oscar, assisti e entendi logo de cara o porquê do Oscar, o filme é muito bom. Mas, vamos primeiro falar um pouco do livro.

 Editora: Intrínseca
 Número de Páginas: 256 páginas

 Autor: Matthew Quick


A história do livro

O livro conta a história de Pat Peoples, Pat não lembra direito dos últimos acontecimentos de sua vida, ele tem um objetivo em sua cabeça que é o de reconquistar a Nikki, sua ex-mulher, que ele não sabe que é ex. Pat passou seus ultimos quatro anos em uma clinica e se tratando com um psiquiatra, porém Pat não sabe muito bem quanto tempo ele passou nesta clinica e o que fez pra estar naquele lugar, próximo ao Natal sua mãe o tira desta clinica e o muda de psiquiatra e a história realmente começa a partir dai. Pat é convidado para um jantar e neste jantar ele conhece a salvação do livro, Tiffany, mas vou falar disto depois, eles viram amigos, uma amizade um pouco estranha e desenrola-se a partir disto e de vários outros fatores o restante do livro.

A diagramação e edição do livro

Apesar da capa do filme, o livro tem um charme todo dele, a diagramação é muito boa, os espaçamentos e a qualidade das folhas, proporcionam uma leitura rápida, sem estresses e descompromissada, a editora Intrínseca fez um bom trabalho sem dúvida alguma. Uma coisa que me incomodou um pouco foi o destaque nos olhos dos atores do filme na capa, me incomodou, pois em certo momento da leitura é dito que os olhos de Pat Peoples são castanhos e por isso eu não entendi porque o destaque nos olhos do ator se a cor dos olhos do personagem não são da mesma cor. A imagem toda em preto e branco teria ficado mais bonito.

Minha Opinião sobre o livro e os personagens

O livro é em primeira pessoa e quem conta a história é o Pat. Dei três estrelas para este livro e a única coisa que fez ele conquistar estas estrelas foi a história que é até interessante em alguns pontos e principalmente pela Tiffany. Eu acho que a única glória do autor com este livro foi, justamente, ter criado a Tiffany para salvar esta história. Retirei duas estrelas do livro por motivos que pretendo pontuar um pouco mais para frente, agora pretendo falar dos pontos positivos do livro e depois dos pontos negativos.

Um ponto positivo como eu já disse é a Tiffany, acho que ela foi o maior e melhor ponto positivo, ela é engraçada e quando ela aparece no livro a história fica um pouco mais interessante. Outra coisa que conquistou uma estrelinha comigo foi a dinamicidade das partes finais do livro, a forma como fala dos ensaios com Tiffany e algumas cartas que vão sendo trocadas lá pelo fim do livro, os dialogos também são interessantes e um ponto bastante positivo pra mim também foi o fato de citar alguns outros livros como O Grande Gatsby e O Apanhador no Campo de Centeio, quando Pat falava desses livros a história ficou um pouco mais interessante.

O primeiro e maior ponto negativo em minha opinião foi o grandioso foco do livro dado ao futebol americano, isto trouxe consigo partes enfadonhas, eu senti em algumas partes também que todo mundo no livro tinha problemas mentais, seu pai modificando o seu humor e o seu tratamento com a esposa e toda sua familia a partir do futebol e o Pat Peoples que agiu o livro inteiro como um criança ou como um adulto louco e obsessivo, ele tinha uma inocência que não me cativou porque não é o tipo de pensamento e de atitudes que um adulto de 30 anos tenha, que já passou por um casamento, foi professor de história e teve sua vida como uma pessoa normal, ele deveria carregar mais experiência em sua bagagem, pois no livro deixa muito claro de que ele não morou com a família o tempo todo. No livro ele é tratado como um doente mental e mesmo que ele esteja com problemas na cabeça eu penso que é por conta da memória mas que isso não prejudique a capacidade dele de aceitar e entender as coisas. Esses foram os motivos de eu ter tirado duas estrelinhas do livro.

O filme

Eu assisti o filme antes de ler o livro e gostei bastante, enquanto eu lia o livro eu sentia que eram diferentes. O filme foi muito mais rápido, as coisas realmente aconteciam, eles se conheciam e as evidências eram escancaradas na nossa cara o tempo todo, diferente do livro que foca muito no futebol americano e a história mais interessante fica fora de foco. No filme as coisas se desenrolaram com muito mais facilidade e rapidez, eu devo admitir que preferi a adaptação cinematográfica ao invés do livro, que teve suas partes enfadonhas.

Considerações Finais

 Quem assistiu o filme ou leu o livro ou como eu fez os dois, deixem nos comentários. Se vocês se apaixonaram por Pat ou o consideram um pouco infantil, deixem nos comentários. Para os que estão lendo essa resenha e tem este livro em casa, leiam, até que vale a pena se você quer ler uma coisa rápida e facil. Beijos da Maria :*






10 comentários:

  1. Eu tenho o livro em casa, adquiri a pouco tempo e estou até um pouco ansiosa para lê-lo, pretendo fazer isso nessas férias, espero que eu goste hahaha
    Beijos!
    Se puder dar uma olhadinha no meu blog eu dizer o que acha eu ficaria feliz: http://feitadepalavras.blogspot.com.br/ =]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa sorte com ele, Wilma! Espero que você tenha impressões melhores do que eu tive.
      Beijinhos, seguindo seu blog!

      Excluir
  2. Vi o filme e curti muito. Na Bienal tive a mega sorte de conhecer o autor sem ficar na fila enorme!! RSR Ele é uma simpatia.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/
    http://lizajoneslivros.wix.com/lizajones

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adorei o filme, só me decepcionei um pouco com o livro mesmo... Bjs

      Excluir
  3. Tenho esse livro na estante, mas ainda não li. Emprestei para uma colega e ela gostou muito. Estou ansiosa para ler.
    http://tears-inthedark.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu confesso que comprei o livro um tanto pela capa e também pelo filme ter ganho o Oscar, ainda não li. Pretendo fazer a leitura nessas férias, que Deus me ajude rs.
    Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii a resenhaaaaaaaaa !!!
    Beijus da Lêeh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa sorte, Lêeh, espero que seja bom pra você e não chato como foi pra mim! Obrigaaaada, sua linda.

      Beijões :*

      Excluir
  5. Olá Maria :)
    Eu confesso que assisti o filme sem saber que teria um livro... e me arrependi disso.
    Agora, não tenho o mínimo interesse em ler o livro, não gostei do filme :/
    Mas acho que é realmente alguma coisa para se ler quando está com tempo, calmo..
    Enfim, ótima resenha :)
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você pegar ele pra se distrair depois de uma leitura pesada e estiver em busca de uma leitura levinha, acho que ele seria até legal. Obrigada, Ana!
      Beijos

      Excluir