28.12.13

[Resenha #29] Christine - Stephen King

Autor: Stephen King <3
Número de Páginas: 399
Editora: Objetiva 1988/Suma de Letras 2013

Olá gente, eu li este livro no começo do mês e desde lá eu tento escrever uma resenha que chegue aos pés da qualidade desta maravilha do terror. Tentei bastante, mas hoje eu estou decidida, haha. Espero que gostem da resenha. Detalhe, quando eu estiver falando um pouco mais sobre a diagramação e a edição do livro não estarei falando da capa nova feita pela Suma de Letras, que é lindissima por sinal, estarei falando da edição mais velha da Objetiva que foi a edição que eu li o livro.

A História do Livro

O livro conta a história do Arnie Cunnigham é o típico garoto sem amigos no Ensino Médio, seu único amigo é o Dennis, um atleta de futebol americano no colégio. Arnie foi controlado por seus pais a vida inteira, fez sempre o que eles queriam e nunca se importou muito com isso, seu amigo de infância, Dennis, sempre esteve presente em sua vida e um certo dia eles estavam no carro de Dennis indo para casa quando de repente Arnie vê Christine, que ao contrário do que você possa pensar não é uma mulher é um carro, mais especificamente um Plymouth Fury 58, foi amor a primeira vista, Arnie deseja aquele carro com todas as suas forças e depois de Christine a vida de Arnie muda completamente, não só a vida de Arnie mas como também a de todos que o rodeiam.

A Diagramação e Edição

A diagramação do livro não é muito boa, as páginas são brancas e por ser uma edição um pouco velha o espaçamento não é lá dos melhores, mas depois de ler umas 100 páginas você se acostuma. As letras são bem comprimidas nas folhas, essa edição tem pouco mais 300 páginas e a nova edição pela Suma de Letras tem pouco mais de 600 páginas, quem quiser comprar a edição mais velha não se preocupe que não falta nada na história, a edição que deve trazer uma diagramação melhor que esta.

Minha Opinião sobre o Livro e os Personagens

O livro é incrivel, 5 estrelas, e os personagens incrivelmente construidos. Não tem como ler um livro do Stephen King e não imaginar o lugar, ele não descreve muito os locais, mas dá uma ideia de onde estão as coisas. Ao contrário do que a maioria das pessoas falam eu não achei este um livro prolixo e cansativo, tudo que ele relata, quando volta um pouco no passado, eu acho extremamente necessário, faz parte da construção dos personagens.
Como todo mundo sabe, Stephen King é extremamente sanguinário então tem que ir preparado pra se sentir mal no fim do livro. Uma coisa que eu gostei bastante na construção do personagem principal, o Arnie, foi justamente a descrição que ele faz de seu rosto, um rosto completamente cheio de espinhas e tudo mais, o relacionamento dele com a familia também é muito bem descrito. Gostei bastante também de como as coisas acontecem no seu devido momento, o autor não corre pra terminar logo o livro, além de que o livro foi bem finalizado, dando um ar de suspense de um jeito bem King.

Filme: Christine - O Carro Assassino

Gente, tenho uma coisa a confessar, eu comecei a ver o filme, que inclusive ficou com um nome bem sessão da tarde, e não consegui terminar. Eu persisti porque eu queria mesmo fazer uma resenha COMBO do livro e do filme, mas eu não consegui. Os personagens são muito diferentes, o único que eu achei parecido foi o LeBay, o antigo dono da Christine. Eu peço desculpas, mas eu achei melhor não assistir do que ficar me estressando depois. Não assistam o filme antes de ler o livro, porque tem um spoiler logo no começo.

Então é isso gente, peço desculpas novamente e espero que gostem da resenha. Beijão pra todo mundo e deixem seus comentários embaixo. :*






4 comentários:

  1. Adorei seus comentários, Maria, super redondidos. Sou louca para ler esse livro há eras! Quem sabe agora, em 2014. ;-)
    Beijão! Fica com Deus!
    Jaqueline de Marco
    http://jaquelinedemarco.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, Jaqueline! Sem dúvida alguma faz parte da listinha dos melhores de 2013.
      Beijos

      Excluir
  2. Poxa eu seriamente achei de era uma mulher kkkk, pela fama do King achei que a mulher era tipo uma doida que matava todo mundo na calada da noite. Fiquei surpresa com esse fato. Gostei da resenha e do livro, vou pesquisar mais sobre. Acho que a senhorita está me fazendo querer ler Terror rs.

    Um beijo grande da Lêeh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai mds, estou te puxando pro terror? como sou má kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, mentira

      Leia leia leia, beijão

      Excluir